Voltar ao topo

20 de abril de 2024

Ciro critica prefeito de São Gonçalo por “trocar” aliança com Bolsonaro por Lula: “não tem compromisso”

Nesta segunda-feira (1º), o ex-governador participou de ato de filiação promovido pelo deputado estadual e pré-candidato em São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho; o atual prefeito era aliado de Bolsonaro em 2020, mas desde o início deste ano está filiado ao PT

Compartilhar:

O ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), criticou a decisão do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Professor Marcelão (PT), de trocar sua aliança ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pela do atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em ato de filiações promovido pelo deputado estadual e pré-candidato Cláudio Pinho (PDT), nesta segunda-feira (1º), Ciro disse que o atual gestor “não tem compromisso com nada e nem com ninguém”. “Qual é o fundamento de um homem, em um país dividido com o Brasil, que de manhã é Bolsonaro e de tarde é Lula?”, questionou.

Em 2020, quando foi eleito para o seu primeiro mandato, Marcelão era filiado ao Pros – atualmente incorporado ao Solidariedade – e ao ex-presidente Bolsonaro e ao ex-deputado federal Capitão Wagner (União Brasil), oposição do grupo político que comanda o Ceará. No entanto, passou a integrar a base do governo Elmano no ano passado, em 2023. No início de 2024, o prefeito se filiou ao PT

PRÉ-CANDIDATURA DE CLÁUDIO PINHO

Ainda durante o evento, Ciro disse que “quem quiser, renova” com o atual gestor, mas que ele é “de outra gente”. Na ocasião, o ex-ministro lembrou que Cláudio Pinho é filho do ex-prefeito de Fortaleza, José Maria de Barros Pinho, que o antecedeu na gestão da Capital. “Eu o conheço [Cláudio Pinho] desde então, de garoto muito jovem. Vocês elegeram ele prefeito, e ele me surpreendeu no talento da administração”, disse.

“Ele era inteligente, desde pequenininho que eu conheço, mas o talento para administração, para resolver problemas e encarar as coisas do povo [me surpreendeu]. E agora, poderia estar confortavelmente lá no mandato dele, fazendo um belíssimo trabalho, porque a perseguição é grande”, completou.

Para a chapa de Pinho, o pré-candidato a vice é o presidente da Câmara de Vereadores do Município, o vereador Neto do Pecém (Podemos). O parlamentar, aliás, conta com o apoio de um aliado do governador Elmano de Freitas (PT), o deputado federal e ex-secretário dos Recursos Hídricos, Robério Monteiro (PDT).

Felipe Barreto

[ Mais notícias ]

Futebol é coisa de mulher, sim!

Ainda muito questionadas sobre a compreensão do que é o futebol, mas passando por cima das críticas, as mulheres seguem se inserindo no meio esportivo,