Voltar ao topo

23 de julho de 2024

Ceará vai destinar R$ 3,5 milhões para cidades atingidas por chuvas

O anúncio foi feito nesta terça-feira, 24, pelas redes sociais da governadora Izolda Cela.
Foto: Reprodução/Instagram

Compartilhar:

O Ceará vai destinar um montante de R$ 3,5 milhões para os municípios de Cedro, Carnaubal, Várzea Alegre e Barbalha, todos impactados diretamente pelas fortes chuvas neste ano. A informação foi anunciada nesta terça-feira, 24, pela governador Izolda Cela (PDT), em publicação no Instagram. Segundo a governadora, o recurso será usado para apoio às famílias que perderam suas casas nas enchentes e para a recuperação de vias danificadas durante os temporais.

“Assinei hoje a liberação de recursos para apoiar municípios mais atingidos pelas chuvas deste ano. No total, serão destinados cerca de R$ 3,5 milhões para as cidades de Cedro, Carnaubal, Várzea Alegre e Barbalha, tanto para o apoio das famílias que perderam suas casas nas enchentes como também para a recuperação de vias danificadas, entre outras ações. Seguimos trabalhando firme em parceria com os municípios para minimizar os efeitos das cheias aos cearenses”, destacou a governadora.

Fortes chuvas

A última grande precipitação observada ocorreu no município de Barbalha, no Cariri cearense, em abril último. A Prefeitura precisou decretar estado de calamidade pública após as enchentes. Ruas ficaram sem condições de tráfego, deixando carros submersos e vias totalmente alagadas. Outra grande precipitação ocorreu nos municípios de Carnaubal e Cedro, entre os dias 11 e 12 de março. Em Carnaubal, a água invadiu casas, ruas e até uma escola. Em Cedro, a situação foi ainda mais complicada.

As fortes precipitações no intervalo fizeram com que o açude do Sítio Caraíbas, no distrito de Canindezinho, sangrasse. As chuvas também causaram o rompimento de pequenas barragens de agricultores, alagando ruas, casas e deixando famílias ilhadas e desabrigadas na cidade.

Funceme

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), os meses mais chuvosos da quadra chuvosa (fevereiro a maio) foram fevereiro, março e abril, concentrado chuvas dentro da média histórica no Ceará. Para o período, foram registrados 513,3 milímetros. As precipitações são consideradas dentro da normalidade quando ficam entre 440,67 mm e 598,81 mm. Vale lembrar que a média para o intervalo de quatro meses é de 600,7 mm. Segundo prognóstico da Funceme divulgado em janeiro último, havia 40% de probabilidade para que as chuvas ficassem nesta categoria.

Considerando o recorte por macrorregiões, as mais chuvosas foram o Litoral de Fortaleza (886,4 mm), Maciço de Baturité (697,8 mm) e Cariri (661 mm), ficando todas com precipitações acima da normal climatológica. As demais apresentaram chuvas dentro da média. Em Fortaleza, cujos dados têm recortes mensais, o período mais chuvoso foi março, quando as precipitações ficaram 97% acima da normalidade. Para abril, a Funceme registrou um desvio positivo de 35,8%, já que o observado foi de 482,4 mm, enquanto a normal climatológica é de 355,2 mm.

Para este mês, a Funceme aponta boas precipitações.

[ Mais notícias ]