Voltar ao topo

18 de julho de 2024

Ceará vai analisar nova flexibilização do uso de máscaras na próxima semana, afirma Izolda Cela

Nas regras atuais, os cearenses estão autorizados a não usar o item de proteção individual em locais abertos.
Foto: Reprodução/Instagram

Compartilhar:

A governadora Izolda Cela (PDT) particiou, nesta sexta-feira, 8, de mais uma reunião semanal do Comitê de Enfrentamento à Pandemia, desta vez, como Chefe do Executivo. Em publicação nas redes sociais após o encontro, Izolda informou que os números da pandemia “seguem em queda em todo o Estado” e que na próxima semana será possível avaliar uma nova flexibilização do uso de máscaras no Ceará. Nas regras atuais, os cearenses estão autorizados a não usar o item de proteção individual em locais abertos, mas as máscaras seguem obrigatórias em espaços fechados.

“Precisamos avançar na aplicação da dose de reforço dos cearenses, que ainda não atingiu 60%. Nosso comitê analisará ao longo da semana o comportamento dos números, tanto da pandemia como da sequência de imunização, para avaliar possível nova flexibilização do uso de máscaras. Conto com o apoio de todos os cearenses para superarmos de vez essa pandemia!”, disse a governadora, que assumiu o posto do ex-governador Camilo Santana (PT) no último dia 2 e garantiu a continuidade do comitê.


Conforme dados do vacinômetro da Secretaria da Saúde (Sesa) do Ceará, o Estado já aplicou 19,2 milhões de doses de imunizantes contra a covid-19. Do total, 7,9 milhões são referentes a 1º dose; 7,1 milhões 2 D2; e 178 mil como dose único. Além disso, o Estado contabiliza 3,8 milhões de doses do 1º reforço e 11.030 para o segundo reforço. Antes de deixar o cargo para tentar uma vaga no Senado Federal, o ex-governador Camilo Santana havia afirmado que o Estado só liberaria o uso de máscaras em locais fechados quando atingisse entre 70% a 80% da população vacinada com a dose de reforço.

A meta deve ser mantida com Izolda Cela à frente do Executivo.

[ Mais notícias ]