Voltar ao topo

17 de julho de 2024

Ceará Credi atinge R$ 50 milhões de créditos contratados

Compartilhar:

Montante é voltado a micro e pequenos empreendedores. Cerca de 30 mil pessoas foram atendidas pelo programa no Estado

Redação OPINIÃO CE
redacao@opiniaoce.com.br

Programa foi lançado ano passado (Foto: Divulgação)

O Programa de Microcrédito Produtivo Orientado do Governo do Ceará (Ceará Credi) atingiu a marca de R$ 50 milhões em créditos contratados neste início de março. Cerca de 30 mil pessoas foram atendidas pelo Programa e mais de 18 mil pequenos negócios foram financiados em oito meses de operação no Estado.

“Em menos de um ano, registramos um novo marco do Programa que tem beneficiado milhares de cearenses em um momento em que trabalhamos uma série de políticas econômicas para minimizar os impactos causados pela pandemia. Sabemos que para muitos empreendedores, o Ceará Credi foi um fôlego necessário para a manutenção de seus negócios e da renda familiar”, afirma o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece),
Francisco Rabelo.

Cerca de 78% dos empréstimos viabilizados pelo Ceará Credi foram destinados ao fortalecimento de atividades econômicas já existentes. Os demais 22% utilizaram o crédito para abrir um novo negócio. No total, 66% dos empréstimos foram para o comércio, 22% para o setor de serviços e 12% para o
de produção.

O perfil das pessoas financiadas pelo Programa é composto por 62% de mulheres e 38% de homens. Desses 28% são jovens. Quanto ao grau de formalização, a grande maioria (98%) é informal e apenas 2% são microempreendedores individuais formalizados.

“Uma das principais características do programa é a inclusão produtiva e financeira de mulheres e de pessoas em situação de vulnerabilidade no Estado. Atualmente, 40% das mulheres que acessaram ao crédito são chefes de família”, reforça a diretora de Economia Popular e Solidária da Adece, Silvana Parente.

Também foram financiados empréstimos para Pessoas com Deficiência (PCD), mulheres vítimas de violência e egressos do Sistema Prisional. Outro diferencial do Ceará Credi é a concessão de bônus de adimplência de 10% para os microempreendedores que pagarem em dia, estimulando uma cultura de responsabilidade e poupança.

[ Mais notícias ]