Voltar ao topo

17 de julho de 2024

Ceará recebe 10 ministros em maio; agenda nesta segunda envolve entrega de moradias

Pela manhã, a ministra Luciana Santos lança programa de qualificação de jovens nas áreas de TICs. À tarde, os ministros Jader Filho e Camilo Santana devem entregar 880 unidades do Minha Casa, Minha Vida.
Foto: Beatriz Boblitz

Compartilhar:

O Ceará recebe, nesta segunda-feira, 29, os ministros da Cidade, Jader Filho, e da Educação, Camilo Santana, inauguram 880 unidades do Minha Casa, Minha Vida. A cerimônia de entrega de chaves do Módulo V do Residencial Cidade Jardim, no bairro Prefeito José Walter também contará com as presenças do governador Elmano de Freitas e a da vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal (CEF), Inês Magalhães.

Com isso, pelo menos 10 titulares já passaram pelo Estado em um intervalo de menos de 30 dias. Pela manhã, às 9h, também estava marcada agenda com a ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, para lançamento do programa de qualificação de jovens nas áreas das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs), em Fortaleza. A assessoria informou, no entanto, que o comprimisso foi adiado e uma nova data será marcada.

O anúncio, que ocorreria no Palácio do Planalto, faz parte de uma parceria do programa Residência em TIC, do MCTI, com o Governo do Ceará, para viabilizar a segunda etapa do C-Jovem. Ao todo, o ministério deve investir R$ 34 milhões na iniciativa, que vai formar 8,4 mil estudantes.

MINHA CASA MINHA VIDA

Segundo a União, o programa investiu R$ 58,24 milhões no módulo, sendo R$ 53,77 milhões de verba federal e R$ 4,47 milhões de contrapartida estadual. O Governo do Ceará também investiu mais R$ 10,45 milhões na construção da estação de tratamento de esgoto do conjunto habitacional. Os apartamentos, com área privativa de 43,29 metros quadrados, estão distribuídos em 55 blocos de quatro andares.

Durante evento com o presidente Lula em Fortaleza neste mês, o governador Elmano de Freitas anunciou iria entregar “nos próximos dias” mais de 1.000 unidades do programa Minha Casa, Minha Vida. Elmano não deu mais detalhes da agenda.

Em abril, o Governo Federal já havia anunciado que a capital cearense receberia as 880 unidades do programa até o fim de maio. Com os imóveis localizados no módulo 5 do Residencial Cidade Jardim, Fortaleza apareceu como o segundo município brasileiro com o maior número de moradias a serem concluídas no prazo. Em âmbito nacional, o Executivo prevê a conclusão de cerca de 7,4 mil unidades habitacionais em 17 municípios de 12 estados até o fim de maio.

MINISTROS NO CEARÁ

O Ceará tem sido um dos principais destinos do País para gestores do primeiro escalão federal, após Lula assumir o Governo, demostrando a aproximação do Planalto com o Abolição. Correligionários, Lula, Elmano e o ex-governador e hoje ministro, Camilo Santana, já estiveram juntos desde a campanha eleitoral, em 2022. Neste ano, o chefe do Executivo cearense também vem cumprindo agendas frequentes em Brasília, desde os primeiros dias de gestão, o que mostra um bom trânsito do governador cearense na Esplanada dos Ministérios.

A devolutiva é recíproca. Somente em maio, pelo menos 10 ministros estiveram no Estado em agendas oficiais. No último sábado, 27, por exemplo, o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, disse que sua visita ao Ceará foi determinação pessoal do presidente Lula. O ministro esteve no interior do Estado, ao lado do governador e de outras autoridades locais, vistoriando a barragem de Jati, estrutura integrante do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF). 

 “Recebi determinação pessoal do presidente Lula para que as questões relacionadas à segurança hídrica no Nordeste fossem tratadas como prioridade. Também foi solicitação do presidente que possamos estabelecer a barragem de Jati para seu funcionamento pleno o quanto antes”, afirmou.

MINISTROS DO GOVERNO LULA NO CEARÁ

29/05:

  • Jader Filho (Cidades)
  • Camilo Santana (Educação)*

27/05:

  •  Waldez Góes (Integração e do Desenvolvimento Regional);

26/05:

  • Simone Tebet (Planejamento e Orçamento)
  • Márcio Macêdo (Secretaria-Geral da Presidência da República)
  • Wellington Dias (Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome)

18/05:

  • Nísia Trindade (Saúde)
  • Sonia Guajajara (Povos Indígenas)
  • Anielle Franco (Igualdade Racial)

05/05:

  • Alexandre Silveira (Minas e Energia)

*O ministro Camilo Santana também cumpriu agendas no Ceará ao lado de Simone Tebet, Márcio Macêdo e Wellington Dias, além de ter participado de visita do presidente Lula a Fortaleza e ao Cariri, também neste mês.

Na última sexta-feira, 26, outros quatro ministros cumpriram agenda no Estado. Pela manhã e início da tarde, ocorreu em Fortaleza plenária para a elaboração participativa do Plano Plurianual (PPA), promovido pelo Governo Federal. O objetivo da iniciativa é incorporar as prioridades indicadas pela sociedade civil no PPA 2024-2027. Participaram os ministros Camilo Santana (PT), da Educação; Márcio Macêdo (PT), da Secretaria-Geral da Presidência da República; Simone Tebet (MDB), do Planejamento e Orçamento; e o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias (PT) – que também visitou fábrica do Mais Nutrição, em Maracanaú, no mesmo dia.

Ministros Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) e Márcio Macêdo (Secretaria-Geral da Presidência da República) Foto: Beatriz Boblitz

Ainda neste mês, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, anunciou um investimento de R$ 333,5 milhões destinados aos mutirões de cirurgias eletivas e oncológicas no Ceará, bem como ao fortalecimento da assistência no Hospital do Vale do Jaguaribe e nas 22 policlínicas cearenses. Em 19 de maio, ela visitou unidades em Limoeiro do Norte. No mesmo dia, a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, lançou em Fortaleza a Caravana Participativa do Plano Nacional da Juventude Negra Viva, programa do Ministério da Igualdade Racial.

O lançamento contou com a presença do diretor de Políticas de Combate e Superação do Racismo, Yuri Silva, da vice-governadora do Ceará, Jade Romero, e da secretária do Estado da Igualdade Racial, Zelma Madeira.

Também no dia 19, pela manhã, em São Benedito, no interior do Ceará, a ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, participou, juntamente com a secretária dos Povos Indígenas do Ceará, Juliana Alves, e do secretário de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Weibe Tapeba, do encerramento do Mês de Vacinação dos Povos Indígenas (MVPI). A ação foi realizada na Escola Indígena Francisco Gonçalves de Sousa, na Aldeia Indígena Gameleira, do povo Tapuya-Kariri.

No início de maio, dia 5, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, anunciou em evento do Consórcio Nordeste, realizado em Fortaleza, que o Brasil receberá até o próximo ano investimentos de R$ 56 bilhões para a transmissão de energia elétrica. Os investimentos na expansão das linhas de transmissão serão feitos a partir de novos contratos de concessão, com leilões realizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Conforme o ministro, a ampliação faz parte do Plano Nacional de Investimento em Transmissão de Energia e é uma pauta prioritária para os governadores do Nordeste, com o Ceará sendo diretamente beneficiado com a ação. Os empreendimentos serão usados para escoar a geração de energia renovável, especialmente as de energia eólica e solar, dos estados da região.

[ Mais notícias ]