Voltar ao topo

12 de julho de 2024

Buscando manter o 100% na Sula, Fortaleza enfrenta o Estudiantes de Mérida no Castelão

Partida desta quinta-feira pode ser o décimo jogo seguido sem derrota para o Tricolor do Pici
No último jogo pela Sul-Americana, o Leão quebrou tabu do San Lorenzo. Foto: Tito Tuero/Fortaleza EC

Compartilhar:

O Fortaleza joga nesta quinta-feira, 4, contra o Estudiantes de Mérida/VEN, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana, na Arena Castelão, às 21h. Vitorioso nas duas primeiras rodadas da competição, o Tricolor precisa vencer a partida desta quarta para manter o aproveitamento de 100% no torneio internacional. A partida será transmitida pelo serviço de streaming Paramount+.

FORTALEZA

O Leão vai para o jogo com uma invencibilidade de nove jogos. Nesta sequência, foram sete vitórias e dois empates. Dentre os triunfos, estão as duas primeiras partidas do Tricolor do Pici pela Sul-Americana, contra Palestino/CHI e San Lorenzo/ARG. No primeiro jogo, o Fortaleza goleou os chilenos pelo placar de 4 a 0, na Arena Castelão. Já no segundo, contra um adversário mais forte, o escrete vermelho-azul-e-branco se tornou o primeiro time a vencer e marcar gol no San Lorenzo em um jogo no Pedro Bidegain, estádio em que é mandante, um tabu que acompanhava o clube argentino desde o começo da temporada.

Além da sequência sem derrotas, o Fortaleza pode se vangloriar por ser o clube brasileiro com mais gols na temporada: 69 gols em 30 jogos, uma média de 2,3 gols por partida. Além disso, o Leão levou apenas 23 gols de seus adversários, o que configura uma média de menos de 0,8 gols levados por jogo.

O último jogo do Tricolor foi contra o Fluminense/RJ, no sábado, 29, no qual venceu o clube carioca por 4 a 2, na Arena Castelão. Líder do Brasileirão até o início da terceira rodada, o Fluminense de Fernando Diniz viu um Fortaleza avassalador em campo marcar quatro gols para o ultrapassar na tabela de classificação. Em resposta na coletiva pós-jogo contra o Flu, o técnico Vojvoda falou sobre o momento do clube na temporada.

“Estou feliz, mas o momento é o dia a dia, sabendo que estamos trabalhando como fazemos sempre e que os resultados estão chegando. Mas é futebol, o adversário também se prepara, e nós temos grandes desafios pela frente. O primeiro será quinta [contra o Estudiantes de Mérida] e temos que preparar bem nossa cabeça e nosso físico para essa partida”.

Para o jogo, o Fortaleza não vai contar com o goleiro João Ricardo, se recuperando de lesão na coxa, e o atacante Pedro Rocha, que passou por cirurgia no ligamento do joelho esquerdo. Outro atleta que é dúvida é o atacante e artilheiro do clube na temporada, Lucero, que se recupera de um estiramento muscular na posterior da coxa direita. Com isso, o Leão do Pici deve subir a campo com a seguinte escalação: Fernando Miguel; Tinga, Brítez, Titi e Bruno Pacheco; Lucas Sasha, Caio Alexandre, Pochettino; Yago Pikachu, Thiago Galhardo e Moisés.

ESTUDIANTES DE MÉRIDA

O clube venezuelano, ao contrário do Fortaleza, não vem de um início de temporada bom. Em 14 jogos disputados, os Rojiblancos, como são conhecidos, possuem apenas quatro vitórias. No campeonato nacional, o time ocupa a 11ª posição de um total de 15 participantes. Na Copa Sul-Americana, o Estudiantes de Mérida perdeu os dois primeiros jogos da fase de grupos, ambos por 1 a 0.

EM CASO DE VITÓRIA…

Caso o Fortaleza vença a partida desta quinta, o clube chegaria à marca de nove pontos, assumindo a liderança isolada do grupo. Na Sul-Americana, apenas o primeiro colocado se classifica diretamente à fase de oitavas de final, já que os segundos colocados dos grupos disputam as oito vagas restantes contra os terceiros colocados dos grupos da Libertadores. Vale salientar que os clubes classificados às oitavas ganharão, da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), uma premiação financeira de US$ 550 mil, um equivalente à cerca de R$ 2,9 milhões.

[ Mais notícias ]