Voltar ao topo

24 de julho de 2024

Alunos de medicina poderão financiar até R$ 60 mil pelo Fies

Anúncio foi feito por Camilo Santana, nesta quinta-feira, 1º; valor atual era de R$ 42,9 mil por semestre
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Compartilhar:

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai financiar até R$ 60 mil por semestre para alunos do curso de medicina. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 1º, pelo Ministro da Educação, Camilo Santana (PT). O novo valor representa um reajuste de 39,6% em relação ao teto anterior, de R$ 42,9 mil semestrais.

O ex-governador do Ceará, em vídeo postado nas redes sociais, disse que a decisão foi tomada visando evitar a desistência de estudantes que não conseguiam arcar com as mensalidades do curso de medicina. Ainda de acordo com o ministro, a determinação partiu do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Em breve nós vamos estar enviando, ao Congresso Nacional, uma nova lei que vai fazer modificações importantes para fortalecer esse importante programa [Fies] para os alunos e jovens de todo o Brasil”

QUANDO ENTRA EM VIGOR?

O novo teto vai entrar em vigor no próximo dia 14, e será aplicado tanto aos novos alunos como nos financiamentos de estudantes já matriculados. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), responsável por gerir o Fies, informou que o novo teto vai valer apenas para o curso de medicina, já que possui as mensalidades mais caras. Para os demais cursos, portanto, será mantido o valor máximo de R$ 42.983,70.

Com o teto atual, os alunos de medicina conseguiam financiar até R$ 7,14 mil em mensalidade. Com o novo valor, entretanto, poderão ser financiadas mensalidades de até R$ 10 mil. Por meio do Fies, as instituições privadas de ensino superior recebem o valor financiado diretamente do FNDE. Em troca, o estudante começa a pagar o financiamento após receber o diploma

As informações são da Agência Brasil.

[ Mais notícias ]