Voltar ao topo

12 de julho de 2024

AL-CE define integrantes de comissão para analisar contrato de concessão da Enel

Nesta quinta-feira, 12, serão escolhidos presidente, vice-presidente e relator, em votação secreta.
Foto: Divulgação/AL-CE

Compartilhar:

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão (PDT), anunciou nesta quarta-feira, 11, os nove nomes para compor a comissão que acompanhará a pauta relacionada ao reajuste de 24,88% no preço da energia. Na oportunidade, Evandro lembrou que há um trabalho conjunto entre o Legislativo cearense e Ministério Público Estadual para tentar barrar na justiça o reajuste proposta pela Enel e revisar as cláusulas do contrato de concessão da empressa. A comissão tem até 60 dias para apresentar um relatório.

Segundo o presidente, nesta quinta-feira, 12, serão escolhidos presidente, vice-presidente e relator, em votação secreta.

Confira os integrantes:

  • Guilherme Landim (PDT);
  • Jeová Mota (PDT);
  • Fernando Santana (PT);
  • Leonardo Araújo (MDB);
  • Fernanda Pessoa (União Brasil);
  • Érika Amorim (PSD);
  • Delegado Cavalcante (PL);
  • Leonardo Pinheiro (Progressistas); e
  • Apóstolo Luiz Henrique (Republicanos).

Nesta quarta-feira, Evandro explicou como foi composto o grupo. “Todos os líderes dos blocos partidários da Assembleia Legislativa indicaram os membros para comporem essa comissão. Amanhã (quinta-feira, 12), às 8h30min, iremos realizar aqui na Casa a escolha de presidente, vice-presidente e relator, em votação secreta”, detalhou Evandro Leitão em seu pronunciamento.

Além dos titulares, a comissão é formada pelos seguintes suplentes:

  • Marcos Sobreira (PDT);
  • Oriel Nunes Filho (PDT);
  • Acrísio Sena (PT);
  • Davi de Raimundão (MDB);
  • Soldado Noélio (União Brasil);
  • Lucílvio Girão (PSD);
  • Dra. Silvana (PL);
  • Zezinho Albuquerque (Progressistas); e
  • Manoel Duca (Republicanos).

Debate na Casa

Na última terça-feira, 10, a Assembleia Legislativa promoveu um webinar debatendo o papel do Legislativo no impasse. Na oportunidade, o vice-presidente da Casa, deputado Fernando Santana (PT), explicou que a suspensão do reajuste é complexa porque envolve a Agência Nacional de Energia Elétrica (Eneel), mas que os parlamentares estavam mobilizados para atingir esse objetivo. Segundo Guilherme Landim, os lucros da Enel saltaram de R$ 265 milhões em 2020 para R$ 489 milhões em 2021.

[ Mais notícias ]