Voltar ao topo

24 de julho de 2024

A economia e suas dúvidas na pauta da política

É óbvio que o desempenho representa muito, sobretudo diante dos problemas acumulados pela economia nacional e pela regional entre 2019 e 2022

Compartilhar:

O Ceará passou a régua nas contas do primeiro trimestre deste ano com aumento de 1,7% do Produto Interno Bruto. O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos localmente. É óbvio que o desempenho representa muito, sobretudo diante dos problemas acumulados pela economia nacional e pela regional entre 2019 e 2022. O recorte do Ceará ainda obtém mais volume quando se observa que foi maior do que o do País na comparação com o último trimestre do ano anterior.

A soma de índices assim, divulgados pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) deverá ter, como de costume, repercussão política. A bancada de situação deverá inundar na próxima semana o plenário da Assembleia Legislativa com manifestações sobre os números. Com isso, fica desde já uma curiosidade: como a oposição vai se comportar?

CONTAGEM REGRESSIVA

Termina em 21 de julho o prazo para que prefeituras entrem na Justiça com ações para execução dos créditos do Fundef. O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério foi extinto, mas deixou lacunas nos saldo dos municípios. E há, agora, a oportunidade de ajuste dos valores. Detalhe: “parte considerável” dos prefeitos cearenses, segundo a associação que os representa, ainda não se mexeu para recuperar o dinheiro.

O MOTE

O economista Alfredo Pessoa, diretor-geral do Ipece, aponta o fôlego tomado pela economia cearense: “Além do combate à pobreza e à insegurança alimentar, o Governo do Estado está aproveitando a janela de oportunidade da nova matriz energética para gerar mais emprego e renda para nossa população”. Taí um bom caminho para as falas parlamentares.

QUEM É QUEM

A propósito de matrizes energéticas, a Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados fará audiência pública na próxima terça-feira. Vai abordar políticas de eficiência energética no Brasil. Os deputados cearenses AJ Albuquerque (PP), Danilo Forte (União) e Domingos Neto (PSD) são titulares no colegiado. Leônidas Cristino (PDT) é suplente.

VENTO ARACATI

A criatividade de 17 artesãos aracatienses será destaque na Loja do Bem, no Shopping Iguatemi, em Fortaleza. Os artistas da terra de Dragão do Mar, Adolfo Caminha e Jacques Klein vão expor peças em crochê, palha, barro, tecido, areia colorida e outros materiais.

GOLPE FASHION WEEK

Todo faceiro, o deputado cearense André Fernandes (PL) está chamando atenção na CPMI do Golpe Contra a Democracia, em curso no Congresso Nacional. Mas não por falas inteligentes ou pela defesa dos bolsonaristas que, como ele, apoiaram e estimularam o golpe. Menos ainda dos que executaram o terrorismo. Na verdade, André tem atraído olhares é pelo figurino janota.

OUTROS TEMPOS

Ostentando ternos bem cortados, a maioria em cores de tom pastel, André Fernandes é o único que se apresenta nas audiências com colete – peça que, admitamos, deixou de ser moda quando o Rio de Janeiro ainda era a Capital Federal. Por bem ou por mal, o “bolsomínio da depilação” mostra que não deixa de ser ousadinho.

AQUI ESTAMOS

A Coluna do jornalista Roberto Maciel é publicada às terças e quintas-feiras e aos sábados no portal InvestNordeste (www.portalinvestne.com.br) e no jornal Opinião (www.opiniaoce.com.br). É disponibilizada também, inclusive nas edições anteriores, no site https://bit.ly/3q4AETZ.

[ Mais notícias ]