Voltar ao topo

Retomada das feiras

Compartilhar:

Desde sempre as feiras livres são sucesso no interior. Não há uma só cidade que não tenha aquele comércio de rua, onde produtores vedem direto aos consumidores. É comércio de tradição que vem lá do passado e se mantém vivo, apesar da mudança no cenário de compra e venda determinada pelos novos tempos. É como se as velhas feiras fizessem parte da rotina das cidades e atribuíssem a elas a identidade interiorana.

A partir dessa tradição e da certeza de que há negócios quando se reúne produtores e consumidores num mesmo espaço, as feiras acabaram estimulando outros modelos, mais estruturados, pensados e segmentados. Surgiram então as feiras temáticas, que unem protudos diversos, atrações culturais e serviços. É como se a velha feira de rua ganhasse uma versão moderna, envelopada. Mas a base do negócio é a mesma: vendedores reunidos para oferecer seus produtos e consumidores prontos para comprar.

Nesse período pós-pandemia – depois da pausa forçada devido ao coronavírus que parou o planeta – as feiras temáticas no interior reorganizaram os calendários e voltaram com tudo. A engrenagem está rodando novamente. Os setores produtivos buscam formas para cobrir os prejuízos e aproveitam toda e qualquer oportunidade para movimentar o caixa.

Nesta sexta-feira, 20, começa a Feira de Negócios e Artesanato de Missão Velha. A Fenart envolve os segmentos do comércio, indústria, artesanato e gastronomia do município da região do Cariri. Serão 60 stands na praça da Prefeitura. Mas a grande expectativa no Cariri é para a Expocrato, que acontece em julho. A Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados, é o maior evento agropecuário do norte-nordeste, movimentando cifras milionárias.

Das feiras livres de rua às feiras de multidões que se tornaram grandes eventos do calendário estadual, o que se observa é a retomada dos negócios, a busca pela movimentação financeira que puxa a economia nas cidades de pequeno e médio portes. Cada região reativa suas potencialidades, suas vocações em busca de dias melhores.

[ Mais notícias ]